Importância da audição na Infância

Os primeiros anos de vida de uma criança são marcados por muita aprendizagem e dependem, em grande parte, das experiências auditivas vivenciadas por ela. Quando a estimulação não é adequada pode haver prejuízo na aquisição da linguagem, aprendida por meio da exposição aos sons.


Se a audição exerce papel fundamental no desenvolvimento global da criança, prevenir ou diagnosticar precocemente qualquer alteração auditiva é de extrema importância para proteger e impedir efeitos negativos nesse processo. Somente no Brasil, 10,7 milhões de pessoas têm deficiência auditiva e as pesquisas mostram que 50% das perdas auditivas poderiam ser evitadas, ou ter suas sequelas diminuídas, se fossem identificadas e tratadas logo no início. 


O primeiro marco importante para acompanhar a audição das crianças é o Teste da Orelhinha, realizado ainda na maternidade e obrigatório por lei. Gratuito e indolor, é por meio desse teste que pode-se detectar alterações na capacidade auditiva do bebê, como a surdez e pequenas alterações auditivas e que poderiam interferir no processo de desenvolvimento da fala. 


Não são apenas as perdas auditivas severa ou profunda que têm capacidade de prejudicar o desenvolvimento da fala e da linguagem da criança. Perdas auditivas leves ou unilaterais, são suficientes para distorcer ou dificultar a localização do som, impedem a correta discriminação e a habilidade de compreensão da fala e linguagem. 


Como oferecer experiências auditivas para as crianças?


Se a linguagem é aprendida por meio da exposição a sons, a melhor intervenção é oferecer experiências auditivas diversas durante a infância. A família é essencial nesse processo, pois é o primeiro núcleo social da criança e referência para o desenvolvimento adequado de sua linguagem. É no contexto familiar que a comunicação se estabelece. 


A estimulação por meio de experiências auditivas pode acontecer diariamente, de forma contínua e natural, aproveitando as experiências do dia a dia. Permita que a criança descubra os sons do ambiente, como uma porta abrindo ou fechando, o barulho da campainha, os sons dos animais entre muitos outros estímulos auditivos. 


A leitura também é uma estratégia essencial para o desenvolvimento da audição e da linguagem oral da criança. Ao escutar histórias, a criança amplia seu vocabulário influenciando diretamente em sua capacidade de entender o mundo e se expressar.


Você também pode cantar para seu filho, pois a música é capaz de estimular a audição e a linguagem de forma integral, de um jeito simples e divertido. Além disso, cantar ajuda a desenvolver habilidades de atenção, memória auditiva, vocabulário, melodia e ritmo entre outras habilidades. 


No Afinando o Cérebro , você pode estimular as habilidades de seu filho de um jeito lúdico e divertido, por meio de jogos desenvolvidos por especialistas e comprovados cientificamente. São mais de 130 atividades disponíveis em uma plataforma online, para serem acessadas de qualquer lugar. 


A melhor maneira de aprender novas habilidades é envolver as crianças em atividades que sejam de seu interesse, por isso a melhor dica para a estimulação auditiva das crianças é simples: divirta-se com seu filho!

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados