top of page
Buscar
  • Foto do escritorAfinando o Cérebro

Descubra o papel da consciência fonológica na alfabetização

Atualizado: 13 de fev. de 2023

O ano escolar começou e para as crianças este é um período de muitas descobertas, principalmente para as menores que estão no processo de alfabetização. Afinal, passarão a descobrir o mundo de uma forma diferente, por meio da escrita e da leitura.


Alcançar o fascinante mundo das letras, no entanto, exige uma série de habilidades prévias. Uma delas é a consciência fonológica, definida pela capacidade de manipular os sons e partes das palavras, ao entender, por exemplo, que sapato tem três sons principais "sa- pa-to", que "canela" e "panela" terminam com o mesmo som ou que a diferença entre “faca” e “vaca” está no som inicial que é /f/ em faca e /v/ em vaca.


No desenvolvimento da consciência fonológica, as crianças aprenderão que as palavras são constituídas por diversos sons ou grupos de sons, e que podem ser segmentadas em unidades menores.


Dentro do processo de alfabetização a criança deverá correlacionar os sons das palavras às letras que os representam. Mas se a criança não é capaz de perceber, com detalhes, os sons que constituem a palavra, como ela irá escolher as letras no momento da escrita? Por isso a importância das atividades de consciência fonológica, que farão a criança pensar e analisar os sons das palavras.


Além disso, quando a criança percebe que partes dos sons de uma palavra também estão em outras palavras, ela irá aumentar de forma muito rápida o número de palavras que é capaz de ler ou escrever. Assim, a aquisição da leitura e da escrita será fácil, rápida e prazerosa.


Quando a criança já é capaz de analisar auditivamente o som das palavras a correspondência destes sons com as letras ficará mais fácil para a criança escrever e ler muitas palavras a partir do aprendizado de poucas palavras.


Isso significa que para aprender a ler e escrever não basta que as crianças saibam identificar as letras do alfabeto, é importante que elas consigam pensar sobre os sons que estão representadas por essas letras.


Embora pareça desafiador para o universo infantil, os pequenos podem aprender a manipular os sons da nossa língua no dia a dia ou quando brincamos de contar o número de partes de uma palavra ou falamos pausando em cada sílaba como se fosse um robô.



Estimule a consciência fonológica das crianças


  • Que tal bater palmas a cada parte da palavra? Você pode escolher a palavra arara, por exemplo, e ao dizer para a criança, fale pausadamente “A – RA – RA”, batendo palmas a cada sílaba. Vale pular, levantar os braços, usar palavras curtas ou criar desafios com palavras longas;


  • Pegue um livro com figuras e peça a criança que encontre uma palavra que tenha 3 pedaços (cachorro, por exemplo), depois peça que ela encontre uma palavra que comece igual a palavra papel (pato, por exemplo) e assim por diante. Isso também pode ser feito com os objetos da sua sala;


  • Desafie a criança a descobrir novas rimas, separe figuras que rimam entre si e peça a ela que identifique aquelas que terminam igual. Por exemplo: pente/dente, rua/lua, gato/rato, mão/pão;


  • Descubra todas as frutas que começam com o som do A: ameixa, acerola, abacate, amora.


Viu como pode ser divertido? Atividades para a estimulação da consciência fonológica devem ser realizadas oralmente, sem o apoio da escrita. É importante realizá-las oralmente para que a criança possa pensar, analisar e manipular as palavras. Por isso, esse processo deve começar antes da alfabetização, com crianças a partir de 3 anos, e deverá se estender por todo o período de alfabetização. Seja na escola, na terapia ou em casa, a promoção da consciência fonológica será essencial no processo de alfabetização dos pequenos.





2.813 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page