top of page
Buscar
  • Foto do escritorAfinando o Cérebro

Qual foi a última vez que você prestou atenção numa conversa?

Num primeiro instante, essa pergunta pode parecer estranha, não é mesmo? Mas, olhe ao redor, enquanto outras pessoas conversam entre si, algumas vezes podemos observar que falam ao mesmo tempo, em outras é possível que uma das pessoas passa os olhos rapidamente pela tela do celular enquanto ouve ou ainda pode ser que as pessoas pareçam distraídas enquanto conversam umas com as outras. Agora, faça esse exercício pensando nas suas conversas. Você tem prestado atenção ao que o outro fala?


A conversa está presente em nossas vidas. Em quase todos os momentos do dia, temos a necessidade de comunicar algo que pode surgir de um simples “e aí, tudo bem?”. Neste momento inicia-se um compartilhamento e para compartilhar é necessário ter atenção ao que o outro diz, verbalmente ou por meios de gestos. Uma escuta genuína requer de nós foco no interlocutor que nos acompanha e interesse no que ele diz, sem juízos de valor. Acredite, a escuta é capaz de fortalecer as relações pessoais e profissionais, permite o compartilhamento de ideias, aprendizados e amplia a capacidade de dialogar. Além disso, conversas de qualidade promovem espaço para que tensões possam ser detectadas e resolvidas.


Mas, por que é tão difícil prestar atenção em uma conversa?


O mundo anda acelerado em todos os sentidos. Temos pressa para chegar ao trabalho, à escola, à uma consulta médica. O trânsito nem sempre colabora, as atividades por fazer ocupam parte dos pensamentos e quando nos sentamos diante de alguém, as preocupações parecem querer dividir o espaço que seria dedicado àquela conversa, soma-se a isso o fato de carregarmos conosco um aparelho que nos avisa sempre que chega algo novo, desde um alerta para uma mensagem até a atualização da rede social. De forma geral, é como se estivéssemos com diversas pessoas ao mesmo tempo, dividindo a nossa atenção.


Uma boa conversa requer dedicação, interesse e escuta ativa. Livre-se da tentação de pensar na resposta enquanto ouve, espere, olhe nos olhos do seu interlocutor, demonstre a ele que está atento, faça perguntas ou retome pontas de sua fala. Você descobrirá como uma boa conversa é essencial para manter boas relações com os outros e principalmente, receber de volta o mesmo.


Escolha prestar atenção


Ao fazer escolhas, mudamos nosso ponto de vista. Algo que parecia corriqueiro ou desnecessário ganha novas cores, quando definimos mudar. Por isso, selecionamos algumas estratégias que trarão mais qualidade às suas conversas e te ajudarão a prestar atenção.


Esteja pronto para aprender


Por mais corriqueira que seja uma conversa, sempre é possível aprender algo. Pense no seu interlocutor como alguém que lhe trará algo novo, desta forma você se manterá sempre disposto a ouvir e pronto para compartilhar com outras pessoas, em novas conversas.


Aproxime-se e mantenha contato visual


Fique próximo ao seu interlocutor, foque no que vai ouvir e mantenha as fontes de distração silenciadas. Que tal diminuir o som das notificações do celular? Lembre-se de manter contato visual!


Atente-se aos detalhes


Ao prestar atenção aos detalhes, você terá condições de interagir e abrir um espaço para troca durante a conversa.


Demonstre interesse


A comunicação vai muito além da fala. Numa conversa, enquanto escuta dê sinais de que está atento. Você pode acenar com a cabeça, oferecer um feedback positivo por meio de um sorriso.


Espere a pessoa falar


Evite interromper a fala do outro ou falar ao mesmo tempo, ao esperar pela sua vez as conversas serão muito mais produtivas.


Faça perguntas


Ao esperar sua vez e fazer perguntas sobre o que acabou de ouvir, retomando pontos da conversa, você reforça para o outro que estava realmente atento.


Aposte em conversas produtivas, que vão melhorar suas relações pessoais e profissionais. Que tal começar hoje mesmo a colocar em prática essas dicas?


166 visualizações

Commentaires


bottom of page